terça-feira, 1 de março de 2011

O resultado das urnas


Pai, não te contei. Sabe quem é o presidente da República agora? Não. Claro que não! É a Dilma [Vana] Roussef, pai.

Essa mesma que tu estás pensando: ex secretária de estado de Minas, Energia e Comunicação. Também ex secretária da Fazenda de Porto Alegre e ex ministra das Minas e Energia. E o que consideraria pior no currículo pessoal dela [e até político], por algum motivo que desconheço, ex esposa de Carlos Araújo.

De certo tu já a levou no banco de trás do carro que trabalhava. Tu carregava todo mundo naquele Opalão, de cor azul estranho, naquela caminhonetona da mesma cor, e depois na Belina ou F1000 branca. Deve ter levado a secretária de estado também. Hoje presidente do Brasil.

Tinha história não é Paiaço, por trás daqueles volantes... Segredos de Estado, com certeza. E não contou para a gente. Nunca. Pena, por que adoro segredos, principalmente de gente grande.

Tu costumava dizer que tua função era dirigir, levar os caras aonde eles queriam, sem ouvir, falar, sem interferir nos negócios. Velho sábio... e motorista de confiança e requisitado da diretoria da companhia.

É pai. Tu diria que agora os tempos são outros. Mesmo com essa tua veia socialista, de operário, de democrático trabalhista. Na verdade, tu é que nem deveriam ser, pensar e agir – politicamente - todos os juízes desse país. No estilo: se é bom pro Brasil, é bom pra ti. Não é meu velho?
.
p.s.: Ah, tava quase esquecendo. O nosso problema [dos esquerdistas] é um vice peemedebista, José. Seja aonde for que estiveres meu velho, senta. E acredita nos teus olhos. Tem uma coligação nunca imaginado antes na história política desse país. Esdrúxula. É mesmo Michel Temer lá no Palácio da Alvorada, ao lado da ex guerrilheira...